LABÈ - conheça mais sobre nosso significado!


Oiii!!!

Hoje vou contar para vocês  sobre como se deu o processo de desenvolvimento do nosso logo. 

Tudo começou com o nome... 

Eu estava certa de  que a marca teria muito a ver comigo e com a minha história, mas não queria usar meu próprio nome como marca. 

Sabia também que, mesmo tendo uma relação muito forte com o ballet e  isso ter sido decisivo quando idealizei a marca, não queria nenhum nome que fosse específico do universo da dança, pois isso poderia levar as pessoas    não  envolvidas  nesse contexto  a acharem  que a marca não poderia ser para elas,  

Foi então que, certo dia, em uma brincadeira mental durante o banho (momento de muitos dos meus insights), trocando a ordem das letras de Bella, a construção labe me soou agradável... analisando essa possibilidade, enxerguei o quanto representativo ficou  essa inversão de sílabas  do final para o começo, já que a marca expressaria a minha visão no presente  sobre o meu passado.

Com essa ideia amarrada, fiquei mais feliz ainda pelo fato de  as mesmas letras também estarem na escrita de balé. 

Ainda nesse processo  de definição do nome,  pensei  na terminologia  do ballet, codificada em francês, e me veio a ideia de incluir o acento grave no E de labe,   que na pronúncia francesa  corresponde ao E com acento agudo no português. Foi uma forma que encontrei de  trazer essa referência do balé para o  nome da marca.

Pronto, era isso: LABÈ! Senti  que tinha encontrado o nome, e que não poderia ser mais mais expressivo e significativo dentro do contexto que eu imaginava para a marca, a partir da minha história com a dança. 

O nome ficou guardado... 

Seguindo a vida,   tive  uma experiência que me levou a olhar de forma diferente para o tempo, a enxergá-lo como algo precioso e a valorizá-lo de um jeito especial,  a ponto de, nesse processo de construção da marca,   desejar que ela tivesse, de alguma maneira, um símbolo representativo de tempo...  senti  necessidade de passar para as pessoas a mensagem “ dedique tempo para  fazer aquilo que ama” e por isso era importante para mim que, além do nome, a marca tivesse um símbolo.

A ideia da ampulheta me veio, mais uma vez, em um momento no chuveiro , quando morava em Milão. Na ampulheta  enxerguei o tempo e uma referência do corpo feminino. 

Ideia fechada e guardada na caixinha! 

O tempo passou, voltei de Milão, e até que eu realmente desse os primeiros passos  para tirar o projeto da LABÈ do papel,  um ano se passou! 

Nesse meio tempo, por várias vezes tentei usar minhas  habilidades de designer para materializar a ideia do símbolo, porém nenhum dos meus rabiscos chegava perto do que eu esperava. Não queria que a ampulheta fosse um traçado óbvio, queria ela presente de uma forma sutil, com traços que trouxessem referências artísticas do Rococó e Art Nouveau, e que resultasse em um visual de beleza singular...

Depois de muitas tentativas, me convenci de que não conseguiria chegar a um resultado sozinha e resolvi investir em contratar um designer especializado no assunto. 

Foi assim que a agência Marino entrou na história da Labè! 


Eu já conhecia e admirava o trabalho do Daniel Dutra e quando o procurei, contando sobre o meu projeto, descobri que ele estava com sua própria agência. 

Foi o primeiro investimento que fiz com a marca, e arrisco dizer que o mais maravilhoso até hoje... o Daniel  e sua equipe imergiram no meu processo e conseguiram materializar exatamente  o que eu queria, mas não conseguia expressar graficamente. 

Tivemos uma primeira reunião em que eu brifei toda a ideia, cartela de cores, apresentei alguns desenhos, tentei deixá-los mais próximos  do pouco que eu já tinha da marca. 

Na reunião seguinte, eles me apresentaram o projeto...  falaram tudo de forma muito coerente com o que eu imaginava, mas na hora que vi a proposta visual, não correspondia ainda ao que eu esperava em termos de imagem, o que é bastante normal durante o processo... Repassamos e alinhamos as ideias  e alguns dias depois me mandaram uma nova proposta de símbolo... aí sim PIREIIII! 

Era o que eu queria! Na verdade, nessa proposta vieram várias opções, com alguns desdobramentos do "símbolo" principal, todos lindos, mas eu já tinha me encantado com o primeiro que vi!! 

Não foi uma escolha fácil, apesar de ter sido amor à primeira vista com esse primeiro...ele apresentava um traçado rebuscado e tínhamos dúvidas se poderia comprometer algumas aplicações, como a do bordado, por exemplo.

Fizemos inúmeros testes de aplicação com as possibilidades e o que eu mais tinha gostado foi surpreendente nos resultados, funcionando muito bem nas aplicações! 

Símbolo escolhido, tipografia alinhada e identidade visual fechada! 

Confesso que sou tipo mãe babona, que olho apaixonada até hoje!

Seguem aqui  fotos de algumas aplicações especiais que fizemos em nosso lançamento. 

Nosso logo teve direito até a moedinha de chocolate personalizada!!

Bjobjo,

Bella


Confira Nossos Produtos